sexta-feira, abril 07, 2006

´ arvores ^ litoraneas ; clepsidra

....
´ design io azule ia
longamente
´ maritmica


...........pausa

´ minimo do lado
de fora ´ intrin
seca do ´ la
......do
de
......da.....luz
.
.
.
______
.
.
.

Caros amigos, leitores, visitantes aleatórios, et cetera:
esse blog agora terá novas postagens às sextas. Uma peça de arte a cada três postagens (usualmente de poemas inéditos), como tem sido.
Todas as terças publico no Algaravária; deem, quando possível, olhadelas por lá.
A engrenagem já está. Agora falta o tempo correr, mesmo que no sempre presente.

Até já.

5 Anátemas

Anonymous fernanda disse...

Oi Thiago!
Vi sua mensagem. Estou sempre indo ao Algaravária sim. Gostei mesmo, mta gente boa. Da galera que eu não conhecia (todos, menos você), gostei muito dos poemas da Angélica e da Francieli.

Pena não podermos nos encontrar mais na Uerj pra conversar mais sobre essas incursões poéticas :) Mas continuemos nos visitando virtualmente. To acompanhando tb seu blog e essas "experiências neo-concretas" suas!
bjo
té mais

12:13 PM, abril 07, 2006  
Blogger Ivã Coelho disse...

Bom ver que os projetos vão de vento em polpa. Parabéns e sucesso.

abçs soteropolitanos.

12:51 PM, abril 07, 2006  
Anonymous Anônimo disse...

pois é,,,
mais atarefado q nunca!! rsrs

ricky

10:26 PM, abril 08, 2006  
Anonymous Felipe K. disse...

Olá, Ponce. Belo poema, quase um caleidoscópio espraiando as palavrinhas pela tela. E quanta novidade por aqui. Olhe, mande o verbo - fksudo@yahoo.com - que eu ouço. Abraços.

7:03 AM, abril 12, 2006  
Blogger 朝川栄一 [Asakawa Eiichi] disse...

gostei muito deste. Tem um contraponto de notas graves e agudas. Como um jazz... ritmo. Bom!

8:40 PM, junho 27, 2006  

Postar um comentário

Criar um link

<< Home