segunda-feira, setembro 17, 2007

Inutilidade da Crítica

De todos os lados ouvimos o clamor de que o nosso tempo necessita de um grande poeta. O vazio central de todas as modernas realizações é uma coisa mais para se sentir do que para ser falada. Se o grande poeta tivesse de aparecer, quem estaria presente para descobri-lo? Quem pode dizer se ele já não apareceu? O público ledor vê nos jornais notícias das obras daqueles homens cuja influência e camaradagens tornaram-nos conhecidos, ou cuja secundariedade fez que fossem aceitos pela multidão. O grande poeta pode já ter aparecido; sua obra teria sido noticiada em poucas palavras de vient-de-paraître em algum sumário bibliográfico de um jornal de crítica.


[Fernando Pessoa. In: Idéias estéticas da literatura]

0 Anátemas

Postar um comentário

Criar um link

<< Home