terça-feira, dezembro 11, 2007

Emily Dickinson I

278

Um amigo sombrio – para dias Ardentes –
Acha-se mais facilmente –
Que um de temperatura alta
Para Frígidas – horas da Mente –

O Cata-vento logo ao Leste –
Espanta as almas dos Tecidos – para longe –
Se os Corações de Lã são mais fortes –
Que aqueles de Algodão –

Culpar a quem? Ao Tecelão?
Oh, mal comportados fios!
As Tapeçarias do Paraíso
Estão prontas – não notadamente!


(tradução: Thiago Ponce de Moraes)


A shady friend – for Torrid days –
Is easier to find –
Than one of higher temperature
For Frigid – hour of Mind –

The Vane a little to the East
Scares Muslin souls away
If Broadcloth Hearts are firmer
Than those of Organdy

Who is to blame? The Weaver?
Ah, the bewildering thread!
The Tapestries of Paradise
So notelessly are made!


(Emily Dickinson. In: The Complete Poems of Emily Dickinson)

0 Anátemas

Postar um comentário

Criar um link

<< Home